Produção global de aço cresce 1,4% em agosto

Segundo o jornal Diário Comércio Indústria de 23/09/2014, matéria de Juliana Estigarríbia.

Afirma que, um cenário de queda garantida dos preços, a produção global de aço registra crescimento tímido. De acordo com a Associação Mundial do Aço (Wordsteel Association), o volume produzido no mundo, em agosto, cresceu 1,4% sobre igual período de 2013. Os países da Ásia tiveram o melhor desempenho do mês passado, Índia, Coreia do Sul e Japão também tiveram alta na produção de aço bruto.

Os Estados Unidos também surpreenderam com o seu desempenho na produção de aço, mesmo com os preços pressionados no país. O cenário continua de excesso de capacidade global, o que impacta produção no mundo todo. “O prêmio de aços planos nos EUA estão caindo”, afirma o analista de siderurgia e mineração da Tendências Consultoria, Felipe Beraldi. A Rússia produziu 6,2 milhões de toneladas de aço bruto no mês passado, um aumento de 5,8% na comparação anual. Alguns países importantes do setor registraram crescimento tímido na mesma base de comparação ou até mesmo queda. É o caso da Alemanha, que teve retração de 1% na sua produção total, para 3,1 milhões de toneladas.

Ainda de acordo com a Wordsteel, a taxa de utilização da capacidade de aço bruto para os 65 países associados foi de 74,2% em agosto. O índice é de 1,4% ponto percentual menor do que o registrado um ano antes. Em relação ao mês anterior, a utilização é 1,2 ponto percentual menor. No Brasil, de acordo com o Instituto Aço brasil(IABr), a capacidade ociosa da indústria chega a cerca de 40%.

Fonte: Jornal Diário Comércio

Voltar